Corpo de homem que se afogou no domingo no rio Machado, é encontrado nesta terça-feira

O corpo de vítima estava cerca de 100 metros do local onde teria desaparecido.

Não foi encontrado nenhum documento que identificasse a vítima.
Foto: Comando 190

Um homem de aproximadamente 45 anos, que teria pulado no rio Machado para nadar, no último domingo, dia 16 de fevereiro e desapareceu devido a correnteza, foi encontrado por mergulhadores do Corpo de Bombeiros, distante em torno de 100 metros do local onde foi visto pela última vez, nesta terça-feira, dia 18 de fevereiro.

Não havia documentos no bolso da calça jeans que a vítima de afogamento trajava. Há uma tatuagem no braço esquerdo da vítima, com o nome “Maria”.

De acordo com informações de pessoas, a vítima se parece muito com um ‘andarilho’ que sempre estava nas proximidades. Apesar de ter deixado uma bolsa as margens do rio, não foi possível apurar nome, parentes no município ou qualquer outra informação, já que não havia documentos ou qualquer pista que pudesse levar a qualquer informação.

Conforme as autoridades, a vítima entrou por vontade própria no rio e foi pego de surpresa pela correnteza. O homem foi sepultado como indigente.