728 x 90
[lbg_audio8_html5_shoutcast settings_id="1"]

Papa Francisco pede ‘corredores humanitários’ para socorrer migrantes

Após oração do Ângelus, papa falou sobre bombardeio de centro de detenção de migrantes na Líbia: ‘A comunidade internacional não pode tolerar fatos tão graves’.

O papa Francisco pediu a organização de “corredores humanitários” para socorrer os migrantes “mais necessitados”, ao reagir, neste domingo (7), ao bombardeio de um centro de detenção na Líbia que deixou vários mortos na terça-feira (2).

“A comunidade internacional não pode tolerar fatos tão graves”, afirmou o papa, após a tradicional oração do Ângelus, na praça de São Pedro.

“Desejo que se organizem de maneira ampla e organizada os corredores humanitários para os migrantes mais necessitados”, acrescentou.

O papa argentino também fez um apelo aos fiéis para “rezarem pelas pobres pessoas indefesas mortas, ou feridas, na terça-feira, no ataque aéreo contra um centro de detenção de migrantes na Líbia”.

Cerca de 300 migrantes continuam detidos no centro de Tajura, na periferia leste da capital da Líbia, Trípoli. O lugar tinha pelo menos 600 pessoas – eritreus e sudaneses em sua maioria.

A situação desses migrantes se tornou mais crítica desde o início da ofensiva militar, em 4 de abril, do marechal Khalifa Haftar, homem forte do leste líbio, para conquistar Trípoli. A capital é sede do Governo do Acordo Nacional (GNA), reconhecido pela ONU.

Fonte: G1.Globo

banner materia promoção plan

Comentarios

os comentaio sao de sua problia responsabilidade *

Novidades