SEMEC e MP de olho em quem segura lugar em fila de matrícula para vender a pais que querem filhos em colégios e horário específico

Secretário cedeu entrevista ao jornalismo da Tropical FM nesta manhã de segunda

O secretário de educação do município de Presidente Médici (RO), José Olegário conclamou a população para a realização das matrículas nas escolas da rede pública municipal, que tiveram início nesta segunda-feira, dia 13 de janeiro e também alertou para a suposta ‘venda de vagas em filas’, que já foi constatada em anos anteriores, mas que neste ano, não será tolerada e inclusive, o Ministério Público do município já investigou casos dessa natureza.

Conforme disse José Olegário, o município disponibiliza vagas suficientes para toda a população escolar. “Não há o que temer. O que fazem alguns pais ou pessoas ficarem em filas em algumas escolas, como no 15 de Novembro, é devido quererem horários específicos e aquela instituição e não devido ao déficit de vagas”, disse.

Denúncias chegaram até a Redação de Jornalismo dando conta de que pessoas que sequer têm filhos, estariam sendo remunerados para segurar ‘lugares ou vagas’ na Escola 15 de Novembro. Olegário confirmou que infelizmente esta é uma prática no município, mas o MP já estaria acompanhando.

Clique e Ouça a fala de José Olegário

José Olegário também conclamou os pais a irem até as escolas municipais, levando toda a documentação necessária para a realização das matrículas dos seus filhos.

Clique e Ouça a fala de José Olegário

 

Assista ao programa na íntegra